26/08/2010

Tentando mudar...

Pois é verdade, os que me rodeiam mais de perto
sabem que tenho feito algumas mudanças no meu comportamento alimentar.

A primeira mudança foi à quase dois anos, deixei de consumir leite,foi um produto que desde sempre senti alguma dificuldade em consumir e por isso só o bebia adicionando café, pois de outra forma era impossível ingeri-lo.
Por isso nem foi difícil...

Engraçado nestas minhas pesquisas pela net cheguei à conclusão que um punhado de brócolos tem mais cálcio que um litro de leite no entanto nas publicidades só vemos falar no beneficio de consumir leite, fonte de cálcio, tanto para os miúdos como para os graúdos em especial para as mulheres que são mais propensas à osteosporose

SÃO DANADINHOS PARA NOS ENGANAR estes publicitários...

Na verdade o leite da vaca é excelente, mas para os bezerros, seus filhotes.

A segunda mudança foi mais global e consistiu em consumir muito mais fruta e vegetais diminuído o consumo de carne em especial carne vermelha.

Aumentei o consumo de peixe e praticamente deixei de consumir fritos elegendo o azeite em detrimento do óleo ou margarina.

No meu caso por ser um sócio do clube com cartão em dia e tudo,hehehe recentemente reduzi o açúcar substituindo-o em algumas situações por mel.

A "BIXARADA" É LOUCA POR AÇÚCAR


Também por força da maleita das minhas iscas deixei de consumir bebidas alcoólicas, no meu caso gostava de um bom vinho tinto às refeições e de um bom vinho do Porto em certas ocasiões, gosto de frisar este particular porque nunca fui beberólas mas pesquei uma maleita que é habitual nos consumidores anormais de bebidas alcoolicas, vá se lá saber porquê, mas isso tambem não interessa para o caso.

Estou convencido que é necessário continuar lentamente esta mudança alimentar os gostos educam-se e muito sinceramente vos digo que ultimamente tenho tido algumas experiências muito interessantes , a nível alimentar entenda-se hehe.

A Industria alimentar têm um poder enorme neste mundo global mas temos de contrariar este processo ,todos nós somos atraídos para produtos que para alem de terem um bom aspecto são carregados de açúcar e como se costuma dizer o que é doce nunca amargou.

MAS AMARGA....podem crer

No entanto o "amargo de boca" será mais tarde quando chegamos à balança e vemos o ponteiro a ficar um pouco curvo com o carrego....

Coleccionamos ao longo dos anos as mais variadas maleitas que poderiam ser evitadas se tivéssemos uma alimentação verdadeiramente saudável.

Por isso estou convencido que podemos comer melhor se aumentarmos a ingestão de vegetais e frutas e diminuírmos o consumo da carne em especial vermelha.

Bom para finalizar esta minha primeira abordagem sobre o comportamento alimentar e as mudanças que tenho vindo a efectuar deixo uma pequena lista de fontes de cálcio alternativas, para quem não quiser comer lacticínios.

Não precisamos depender do leite: agrião, folhas de batata-doce, brócolos, espinafre, folhas de nabo, couve-chinesa, todos eles são boas fontes de cálcio se comermos porções generosas. Se consumirmos ovos e quisermos aumentar a presença de cálcio na comida, usemos o pó da casca de ovo .
Uma casca de ovo contém 2.400 mg de cálcio, um copo de leite 290 mg, uma xícara de agrião cozido 300 mg.

Para quem teve paciencia de ler até aqui desejo que tenha uma continuaçâo de boa semana hehehe.

4 comentários:

Natália disse...

olá boa semana jorge
Pois é amigo isto da alimentação tem que se lhe diga e uma pessoa baralha-se no meio disto tudo.
No meu caso devido á menopausa disseram-me para tomar comprimidos de soja os outros podiam causar cancro da mama,lá andei um ano a tomar os ditos comprimidos,ao fim de um ano fui fazer a mamografia tinha cancro,pronto deixa de tomar soja faz mal á mama,leite de vaca faz mal,falei com o oncologista diz-me que não,posso beber,dizem para tomar-mos aloé vera e coisas neste genero,falo com o medico,não senhora tudo tem quimicos e enquanto se faz os tratamentos não se deve fazer misturas...ai Meu Deus em que é que ficamos?
Tenho osteoperose bastante avançada,fiz Zometa para os ossos ,fiz alergia,não morro do mal ia morrendo da cura,não posso tomar aqueles comprimidos de calcio,tenho muitas areias no rim e o calcio vai-me provocar pedras.
Bolas só me resta mesmo seguir o teu conselho.
Beijinhos

Xanfrada disse...

Olá Jorge
A coninuação de boa semana.
Pois, cada um com a sua. Quando estive internado a seguir ao enfarte tinha que tapar o nariz para abrir o tabuleiro do almoço por causa do cheiro dos bróculos, não os tolero.
Aquando de uma baixa constante de tensão, fui ao meu cardiologista: "pois, não lhe posso mexer na medicação". "sabe, nessas alturas o que fazia bem era um porto,MAS NÃO BEBA". "ora "P." Doutor, então o que faço? "Vá ao saleiro e tome uma pitada de sal".
Bem, passado algum tempo, numa das idas ao IPO, a tensão andava nos 60/80, fui ao Bar e pedi ao Sr. António(o dono) uma colherzinha de sal. Logo de seguida uma senhora toda preocupada: "olhe que o sal faz mal ao coração..." "olhe que
não, olhe que não, sem ele caio para o lado"..., palavra de cardiologista.
Um ABRAÇO
O pai Bártolo

paula disse...

Muito bem!!!! Sim sr!!! fico muito feliz por si!!! Aqui em casa tb tentamos cumprir mas né facil!!! Por isso muitos parabéns. É um campeão!!!

BRANCAMAR disse...

POr acaso até tive paciência e tenho tentado fazer isso, durante todo o Inverno consumi bastante bróculo, no Verão fugi um bocadinho, andei mais pelas saladas cruas de outros vegetais e legumes, poderia ter incluído o agrião, tenho pena, mas não é do que msis gosto, só um bocadinho aqui e outro ali.
Obrigada pelas sugestões, óptimas, porque o leite também já não me cai muito bem e enfarta.

Tudo de bom
Beijinhos
Branca