15/08/2009

RUMINOREFLEXÂO

Hoje ao abrir os olhinhos pela manhã quando ainda a canícula não se fazia sentir fiquei a matutar sobre um assunto que possivelmente o Tico me fez o favor de colocar na agenda do dia .
Devo informar-vos que o Tico anda um pouco em baixo, o Verão com as altas temperaturas mexe com o comportamento dele e claro por vezes fica um nadinha ,como direi ,perturbado....
Já o Teco ,está como se costuma dizer nas suas sete quintas ( ainda vou ter de lhe comprar um calção de praia ,para que possa molhar os apêndices nas águas "CÁLIDAS"da nossa costa atlântica.
Voltando à vaca fria ou melhor dizendo continuando com a minha ruminoflexâo.
Engraçado, agora estou recordado do teor da conversa que tive com uma pessoa há uns dias e que o Tico hoje fez a gentileza de me recordar ,pois já era minha intenção partilhar convosco mas esta agitação diária deixa-me sem tempo para nada...
Bom estava eu numa amena conversa quando o meu interlocutor e a propósito de comentar uma situação por ele presenciada ,profere a seguinte frase; No meu tempo nada disto era permitido.
No meu tempo? No nosso tempo?
Imediatamente belisquei-me pois podia dar-se o caso de já ter batido a bota e estar no purgatório e não ter dado por isso .
A dor por mim infligida no meu delicado corpinho deixou-me seguro de que afinal ainda continuo a ruminar por estas paragens e que não há duvida de que para mim o meu tempo é este o presente .

Para alem desta minha divergência em relação ao posicionamento temporal ,fico também com algum formigueiro nos apêndices do Tico e do Teco quando logo a seguir começo a ouvir as considerações sobre as mais variadas situações e que a tónica é que tudo era excelente comparado com o presente :o custo de vida era menor... (podera uma sardinha dava para o jantar da família toda), havia menos criminalidade.... (com tanta pobreza a gatunagem roubava quem?),a juventude era mais ordeira e não fazia tanta asneira sendo a televisão a origem dos comportamentos desviantes....(os paizinhos da garotada onde estão?). É claro que em todos os tempos há boas e más coisas como também existem boas e más pessoas agora daí dizer-se que no tempo em que os animais falavam é que era bom. Tenham paciência.


Hoje percebo porque é que há precisamente quarenta anos se fez o primeiro festival de musica ao ar livre (woodstock)

é que o chamado computador portatil da epoca custava 18 mil dolares e quando avariava o melhor era chamar uma empresa de mudanças para o transportar tal era o peso do bicho

Esta foto até lhe dá uma imagem graciosa apesar dos seus muitos kilitos.
Nos tempos que correm com tantos magalhaes distribuidos quase gratuitamente e levezinhos a malta gosta mais de blogar do que ir a concertos gratuitos (tou certo ou tou errado?)

FIQUEM BEM E SEJAM FELIZES NESTE TEMPO.

2 comentários:

Brancamar disse...

Bom dia amigo Jorge,

Já no lar, doce ler, venho para já dizer só Bom dia, pois já vi que tenho muito que ler. Aliás "espreitei" por aqui nas férias, mas tinha tempo limitado e o Jorge anda a escrever muito...anda com inspiração, hihi.
Logo volto, para ler todinho e dar a minha opinião.
Beijinhos
Branca

Paula disse...

Certissimo!!!
Bjito