25/02/2009

Finalmente a festa terminou..

Olá a todos espero que tenham passado bem eu vou estando por cá o que já não é mau hehehe
É claro que sobre esta questão tenho de concordar que existem vários pontos de vista e se para uns o facto de por cá me encontrar é bom já para outros não será tanto assim( talvez seja por isso que me estão a convocar para uma junta médica) mas não era nada disto que queria escrever ( peço-vos um pouco de paciência) vereis( daqui a muitos anos espero hihihi) que depois de me aturarem estes meses todos terão lugar no céu...
O que eu vos queria dizer é que realmente não morro de amores pela época carnavalesca ,o curioso é que afinal a crise parece não ter chegado a estes eventos e as várias câmaras continuam a despender rios de "aerios" enquanto que para outras necessidades, diria eu muito mais prementes e urgentes o pilim não aparece porque estamos em época de crise ( dizem os senhores políticos).
Mas o zé gosta e quando o zé gosta mal seria senão houvesse festa mesmo que ela seja importada do outro lado do atlântico......
Tenho que confessar-vos que tenho andado .... como direi um pouco .... afastado por várias razoes .
Este mês de Fevereiro fui atacado por um surto de preguicite aguda que adicionado a uma correria para os batas brancas têm sido o motivo que me tem afastado da vossa companhia, apesar de vos ir lendo não tenho tido vontade de escrever o que quer que seja hehehe
Por falar em batas brancas, vocês os que como eu entraram para este clube decerto sabem que podem ter benefícios fiscais ,pois eu não sabia que tinha esse direito porque infelizmente estas coisas são ocultadas ( pelo menos não são divulgadas como deveriam ser )no meu caso tive conhecimento por intermédio de um amigo pois ninguém do hospital ou do centro de saúde me disse nada sobre o assunto .
O resultado pratico ( entre outras coisas)foi a partir de agora não pagar o imposto de circulação da carroça hehe o que já não é mau de todo ,já estou a pensar em investir no BPN livra.........
Bom não se esqueçam de se esforçarem por serem felizes ok?
Beijos e abraços cá do je

9 comentários:

paula disse...

olá boa tarde...
no que diz respeito ao ipo de Lisboa no piso da pediatria está uma assistente social que nos dá todos os esclarecimentos...
No caso da Maria fui eu k pedi uma junta medica para lhe ser passado um atestado de incapacidade...
nessa junta medica onde não primaram pela simpatia foi passado um atestado de incapacidade de 60%...
A maria tem direito a um subsidio de assistencia a 3ªpessoa e a um abono por deficiencia...

quando entregarmos a declaração do irs as despesas de educação da maria são contabilizadas na totalidade... sei k tem outros beneficios fiscais...
no caso dos adultos n pagam o imposto automóvel qdo adquirem um carro novo e a taxa de juro no crédito habitação tb é diferente...
Era preferivel que ela n tivesse direito a nada significaria que estava bem de saude...mas como n está tudo o k tem direito eu pedirei para ela

Força Jorge
beijinhos de luz
Paula Padinha

Carecaloira disse...

Jorge,

já tinha saudades suas, ainda bem que voltou.
O que anda a fazer nas batas brancas?? Espero que nada de especial.
Quanto aos benefícios não se esqueça do irs, e se tiver empréstimo de casa também tem outras regalias.

Beijinho
Marina

paula simoes disse...

Olá Jorge

é verdade nos Hospitais ninguém nos diz nada nós é que temos que ir falando e procurando senão estamos feitos

como diz a Marina espero que essas visitas ás batas brancas não seja nada de especial

beijinhos do tamanho do Mundo

Brancamar disse...

Bom dia Jorge,

Só vi agora este post e já que no conteúdo se abordam os benefícios fiscais peço licença e copio para aqui um texto que o José Tomaz Mello Breyner publicou sobre isso na Catedral. Pode ser útil:

BENEFÍCIOS FISCAIS

Para poder usufruir de alguns benefícios fiscais previstos por Lei é necessário possuir um grau de incapacidade igual ou superior a 60%. A avaliação desta incapacidade é feita de acordo com a Tabela Nacional de Incapacidade. O doente deverá solicitar junto do médico assistente ou, secretaria da Unidade de Saúde onde é assistido , relatório clínico sobre a sua situação clínica. Deverá ainda dirigir-se à sua Delegação de Saúde Concelhia, onde fará requerimento de avaliação de incapacidade dirigido ao Delegado Regional de Saúde, instruindo o mesmo com os relatórios médicos e meios auxiliares de diagnóstico. O Delegado de Saúde convocará o doente para junta médica, após a qual passará o Atestado de Incapacidade - Multi-Usos -.(Decreto-lei n.º 202/96 de 23 de Outubro, Decreto -lei 174/97 e Decreto -lei n.º 341/93, de 30 de Novembro).

Habitação:
(Decreto -lei n.º 230/80, de 16 de Julho)

Acesso a condições especiais de crédito para aquisição ou construção de habitação própria que vigorem para os trabalhadores das instituições de crédito nacionalizadas.

Acesso a subsídio de renda de casa, no caso de não possuir rendimentos suficientes, variando o mesmo de acordo com o rendimento e a renda a pagar.

Isenção de juros das contas poupança reforma:

Isenção do imposto sobre os juros das contas poupança reforma desde que o saldo não ultrapasse o valor estipulado anualmente por legislação própria.

Aquisição de veículo automóvel:
(Decreto-lei n.º 103-A/ 90)

Os doentes oncológicos que por motivo de lesão, deformidade congénita ou adquirida, seja portador de deficiência motora, de carácter permanente poderão beneficiar de emolumentos gerais e do imposto automóvel (IA) na importação de automóveis ligeiros, destinados ao seu uso próprio. A cilindrada dos veículos automóveis objecto da isenção do IA não poderá ultrapassar o estipulado para veículos equipados com motores a gasolina ou a gasólio.

Estacionamento:

Os doentes oncológicos, com um grau de incapacidade funcional igual ou superior a 60%, podem requerer um lugar de estacionamento perto do local de trabalho e da habitação. O requerimento é feito na Câmara Municipal da sua área de residência. Deve sinalizar o veículo com dístico próprio, obtido através da Direcção Geral de Viação.

Emprego:
(Decreto-Lei N.º 29/2001)

Os doentes oncológicos, com um grau de incapacidade funcional igual ou superior a 60%, podem beneficiar de uma quota obrigatória de 5% nos concursos externos de ingresso em todos os serviços e Organismos da Administração Central e Local , bem como nos Institutos Públicos que revistam a natureza de Serviços Personalizados do Estado ou de Fundos Públicos em que o número de lugares postos a concurso seja igual ou superior a 10.

Nos concursos em que o número de lugares a preencher seja inferior a 10 e igual ou superior a 3, é garantida a reserva de um lugar para candidatos com deficiência

Nos concursos em que o número de lugares a preencher seja de um ou dois, o candidato com deficiência tem preferência em igualdade de classificação, a qual prevalece sobre qualquer outra preferência legal.

Acesso ao Ensino Superior:
( decreto - lei n.º 189/92 de 3 Setembro)

Os doentes oncológicos, com um grau de incapacidade igual ou superior a 60%,podem beneficiar do contigente especial de vagas para o acesso ao ensino superior.

Isto funciona para todas ou quase todas as doenças crónicas.
A minha filha sendo doente de Crohn, também foi informada mais tarde por outro doente e solicitou na delegação de saúde uma junta médica de avaliação da incapacidade, levou relatório do Gastrenterologista que a assiste e de um internamento hospitalar que teve na fase inicial, seguido logo de outro, bem como exames médicos, foi-lhe atribuido o tal grau de incapacidade permanente de 60%.

Espero que tudo vá correndo o melhor possível. Hoje estou a escrever de manhã porque também me deu uma preguicite como a sua e não consegui ir trabalhar, toca a gastar meio dia de férias.
É o que faz ter "maus fígados", eheheh! - Humor negro!
Beijinhos
Branca

Linda disse...

Olá Jorge,
Espero que essas visitas ás batas brancas não seja nada de grave.
Tenho andado ausente de comentários por aqui, mas venho cá sempre espreitar as novidades,é que cá a "Je" tem tido muito trabalho e alguma coisa tem de ficar para trás.
beijinhos
Linda

Brancamar disse...

Olá Jorge,

Espero que tudo se esteja a encaminhar bem.
Venho desejar-lhe uma boa semana.
Muitos beijinhos.
Branca

Albertina disse...

Olá Jorge

úúúúú! estamos aqui!
Tudo bem, amigo?
Espero que sim.
Beijinhos

Brancamar disse...

Olá Jorge,

Deixo votos de saúde para todos aí em casa, abraços e beijos.
Da amiga Branca

paula disse...

hellllllllllllloooooooooooooo!!!!mora ai alguém???
onde está o pessoal des ta casa